Produções Artísticas

SAMAPADA ……Um Poema Reverente, Equilibrando Diferenças

Numa noite de céu estrelado, duas bailarinas, Tarikavalli, nascida em França e Lajja Sambhavnath, na Índia, encontram-se, refletindo as formas geométricas que vestem o Kathak e o Bharatanatyam. Duas linhagens distintas e dois estilos de dança clássica da Índia, do Norte e do Sul respetivamente, reúnem-se em SAMAPADA.

Sem abandonarem as suas identidades próprias, Tarikavalli e Lajja partilham sabedorias de tesouros ancestrais com o público, numa interpretação original e contemporânea. Dançando SAMAPADA (pés juntos) as duas bailarinas desenham uma mandala ao som da música.
Entre mundos e culturas diferentes, SAMAPADA amplifica os mistérios do “acaso”, do encontro e da partilha.

TARIKAVALLI é herdeira da tradição do Bharatanatyam, escola de Pandanallur, através dos Mestres Amala Devi (Paris), U.S. Krishna Rao & Chandrabhaga Devi (Bangalore), Dayalasingham (Paris) e K.M. Raman (Bangalore) e LAJJA SAMBHAVNATH foi formada na rigorosa escola do Kathak, no estilo de Lucknow e Jaipur, pelos Mestres Kumudini Lakhia, Sunderlal Gangani, Harish Gangani e Jagadish Gangani(India).

Tarikavalli e Lajja dedicam-se paralelamente ao ensino e à formação de bailarinos profissionais. Ambas participam em inúmeros recitais e as suas criações mais importantes foram apresentadas com o alto patrocínio da Embaixada da Índia e do Indian Council for Cultural Relations (ICCR).

Estilo de Dança: Clássica Indiana (Kathak e Bharatnatyam) e teatro
Artistas (bailarinas): 2
Música: Gravada
Duração: 75 minutos

UMA CANÇÃO DE PAÍS LONGÍNQUO

Inspirado pela vontade de tornar mais acessíveis as artes clássicas indianas para o público lusófono, “Uma canção de país longínquo” une a dança e música clássica indiana (Kathak e Khayal), com textos de poetas portugueses;  Luís de Camões (que viajou à Índia no século XVI) e Fernando Pessoa.
Há no Ocidente muitos preconceitos em relaçao às artes represntativas indianas. As pessoas admiram a beleza dos gestos coreográficos e musicais quer subtis e expressivos, quer chamativos, bem como os ritmos hipnotizantes. Frequentemente retêm a ideia que estas artes são muito ligadas a rituais religiosos. A noção de que as artes indianas são completamente improvisadas é generalizda.
Frequentemente não se apercebem que a estética e a estrutura do ritmo e música têm pedagogia e preparação metódicas, desde peças de graus iniciais até ao mais elevado nível.
Através de textos de Fernando Pessoa (o título ‘Uma canção de país longínquo’ é de um fragmento de prosa pessoana) e de Luís de Camões, pretendemos tornar acessível e compreensível a beleza das artes indianas.
Como exemplo, integrando textos em português com uma das mais antigas tradições no Kathak – contar histórias na dança com um texto recitado – não só a representação mais literal do texto mas sim os níveis de interpretação mais subtís, abstractos ou atmosféricos, tornar-se-ão evidentes e compreensíveis.
Estilo de dança: Clássica Indiana – Kathak e Música Clássica Indiana (Khayal)
Lingua : Portuguese
Concepção de Lajja Sambhavnath e Stephen Bull
Artistas (bailarinos): 8
Narrator: 1
Musicos: 4
Duração: 60 min
Música ao Vivo

LILA – “jogo” estético da vida

Lila é uma recompensa espiritual oferecida a Lord Krishna – o deus bailarino que toca flauta para os seus devotos, sendo divino e alegre ao mesmo tempo.

É um conceito no culto a Lord Krishna a exploração das emoções relacionadas com o amor de forma aguçada, expectativa, ligação, separação, união, contudo este conceito está recheado de travessuras e embelezamentos criados por Lord Krishna e os seus devotos tendo a dança como meio.

Esta actuação negoceia a estética divina inerente ao vocabulário tradicional de Kathak, indo dos movimentos exuberantes e complexos à frescura dos ritmos, ao mesmo tempo que tem um toque contemporâneo e poético do contar estórias que leva à exploração do “espaço” – que é um espaço não só sobre o exterior, mas também sobre o interno.

Estilo de dança -teatro: Clássica Indiana – Kathak e teatro

Concepção de Lajja Sambhavnath

Artistas (bailarinos): 10

Narrator: 1

Duração: 60 min

Música Gravada

Ver Video: http://www.youtube.com/watch?v=Gaq803P69ds

1-image-A2-size

SOLE TO SOUL

SOLE TO SOUL é uma produção de Dança Clássica Indiana Kathak com Lajja Sambhavnath e o grupo de dança da Comunidade Hindu De Portugal, com música ao vivo.

Uma experiência hipnotizante que começa na raíz do corpo das bailarinas, os pés, para alcançar a alma da audiência. Esta peça tem um tom contemporâneo aplicado àquilo que é o vocabulário do movimento e o formato de apresentação do Kathak tradicional, manifestando-se pela beleza e a forma íntima com que é desenhada a dança e a música ao vivo e gravada. Inspirado nas tradições dos contadores de estórias da Índia, o misticismo do Sufi, a paixão dos formatos musicais Islâmicos e a música Persa, a experiência é de certa forma espiritual e estética.

Sole to Soul é feito pelos pés da bailarina, parte da alma da bailarina, para a alma da audiência

Estilo de dança: Clássica Indiana – Kathak

Concepção de Lajja Sambhavnath

Artistas (bailarinos e músicos): 9-11

Duração: 60 min

Ver video: http://www.youtube.com/watch?v=ZwtiyqMF-D8

sole-to-soul-image--229x300

NRITYAANJALI – Saudação pela dança

Este espectáculo de vibrante beleza remete-nos, de uma forma profunda e graciosa, para a arte milenar da dança Indiana.

Reúne dois dos principais e mais ancestrais estilos de dança indiana: o Bharata Natyam, do Sul, e o Kathak, do Norte, representados pelas bailarinas Tarikavalli e Lajja, respectivamente.

A dança na Índia foi, até à conquista inglesa, uma arte sobretudo sagrada e de devoção: o Bharata Natyam era até então parte integrante do culto que se fazia nos templos Hindus.

Por sua vez, o Kathak era dançado nas cortes dos reis mogóis e nos palácios dos marajás, onde os próprios soberanos eram honrados pelos poemas interpretados pelas bailarinas.

Cada coreografia é alvo de um minucioso cuidado, cada movimento materializa a sublime música, cada olhar transporta-nos para experiências longínquas e ressonantes. A dança é assim saudada como uma arte maior, unindo visões estéticas, glorificando a ancestralidade na vivência do presente e criando pontes entre culturas.

Nrityaanjali dá a conhecer a Índia através da dança, esse subcontinente do Extremo Oriente onde todos os deuses são bailarinos e a sua cultura milenar, inspiradora e marcante.

Estilo de Dança: Clássica Indiana (Kathak e Bharatnatyam)

Duração: 75  minutos

nrityaanjali-poster

VISLUMBRES DA INDIA

India!!! É um mistério, um enigma…uma terra extraordinária dotada de cultura… de   diversas culturas …colorida e cheia de vida. A própria palavra “ÍNDIA” cria visuais vívidos e vorazes. As belas artes clássicas Indianas são os melhores paradigmas desta diversidade enigmática. É com estes pensamentos que trazemos para si alguns dos efeitos visuais …. verdadeiramente belo e coloridos. Venha, junte-se a nós nesta viagem para explorar alguns desses vivazes e incríveis  Vislumbares Da Índia!!!! O programa captura a alma da Índia através de quatro diferentes formas de artes performativas clássicas executadas ao vivo por quatro famosos artistas profissionais.

Estilo de Dança: Clássica Indiana (Kathak e Bharatnatyam)

Concepção de Lajja Sambhavnath

Música: Clássica Indiana (Sitar – instrumento de corda e Tabla – percussão)

Duração: 75 a 90 minutos

vislumbres

RASANUBHUTI

RASANUBHUTI oferece dança e música como alimento para a alma. Rasa significa elixir e Anubhuti significa experiência.

Rasanubhuti – sobre a vida e as suas alegrias pretende criar uma paisagem evocativa e emocional com a exuberância do Kathak. Melodias hipnotizantes de violino, ritmos fortes da tabla,  todos ao vivo e em conjunto.

O complexo jogo de movimento, a melodia e o ritmo criam um caleidoscópio de audácia com diálogos de percussão que sopram da mente, e composições com expressão de fazer encantar.

Estilo de Dança: Kathak – Clássica Indiana

Concepção e Ballarina: Lajja Sambhavnath

Música: Clássica Indiana (Sitar – instrumento de corda,  Tabla – percussão e Violin)

Duração: 60 minutos

rasanubhuti-poster-for-website-